FANDOM


26/01 - O SALÃO DE GRUMMSH

Na sessão passada os aventureiros Grundor, Alice, Hector, Gherin e Oror se encontravam dentro de uma caverna de gelo. Ao atravessar uma ponte em mal estado encontraram uma estatua do deus Gruumsh num grande salão. Ao vasculharem o salão foram emboscados por mais criaturas mortas vivas controladas por aranhas que pareciam ser feitas em gemas de rubi.
No meio da batalha emerge um colossal golem de gelo. Nova batalha é travada. Grundor tem dificuldades com alguns mortos vivos que o cercaram impedindo-o de alcançar a batalha principal. Os besteiros Gehrim e Vindalf se afastam e observam pontos vermelhos na criatura, notificando prontamente o restante do grupo, um dos aliados, Bifus, é gravemente ferido e cai em batalha. Hector conjura uma enorme bola de fogo e atinge o monstro no meio revelando outras joias. Oror toma uma poção de força demoníaca e parte para cima do monstro. Gehrim atinge uma das gemas a destruindo , Oror também foca em destruir as gemas, seguido de Vindalf, nos turnos seguintes a poção demoníaca de Oror atinge seu ápice e ele atinge outras duas gemas, mas em um de seus bloqueios tem seu escudo partido ao meio pelas garras da criatura. Quando Grundor consegue se desvencilhar dos mortos vivos e parte para ajudar seus companheiros um vulto sai de onde havia apenas paredes e parte a besta colossal ao meio, cravando na parede oposta um machado negro.
Quando o monstro sucumbe Alice cura parte dos ferimentos dos mais necessitados. Bifus volta a caminhar. Os aliados percebem um baú no canto da sala e ao abri-lo encontram:
- 1 poção azul
- 1 poção ocre
- 1 saco de couro com 10 moedas de outro grossas e antigas
- 1 manto roxo
- 1 estatueta dourada que o Gehrim diz ser de um Deus da Sorte de uma cultura antiga
- 1 Livros escritos em Draconico onde Gehrim diz parecer um Diario
- 1 Livro escrito em Draconico não analisado

Exaustos os aliados bolam um plano para descansar na caverna, eles planejam colocar de volta uma barricada que viram num corredor próximo, próximos da ponte eles começam a ouvir um som crescente, Vindalf tenta verificar furtivamente, mas falha e volta gritando “são muitos, são muitos!”

Oror percebe uma horda de criaturas pequenas de orelha pontuda e zuis atravessando a ponte, pega o escudo de um aventureiro caído ao lado para enfrenta-los, juntamente com Hector que veio ao socorro ao ouvir os gritos de Vindalf, mas percebendo que de fatos os números eram insuperáveis acabam optando por derrubar a ponte.

Nesse meio tempo Grundor e Gehrim continuaram procurando na sala e encontraram algumas gemas no trono e Grundor retirou o machado da parede da caverna, mas a arma parecia ter vida e cravou 3 correntes em seu braço. Seus aliados tentaram retirar a arma, mas ele não aceitou a ideia.

Agora presos no salão, eles procuram por uma saída. Vindalf encontra uma gema em um buraco. E o grupo percebe uma corrente pendurada ao teto. Hector sobe pela corrente, seguido de Alice, ambos no próximo andar, começam a içar os demais membros do grupo um a um.

Nesse andar eles percebem alguns sacos empoeirados, alguns grãos, panos e entulhos, sobem ao ultimo andar da torre e encontram uma biblioteca. Alice e Hector demonstram grande interesse pelos volumes, e depois de algum tempo pegam dois dos livros para si. Ambos sobre cultura Élfica.

Grundor avista um sinal de fumaça na direção do vilarejo próximo, local onde estavam seus aliados, os anões Nyr, Vityr e o meio orc Raham, o reptil.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.