FANDOM


14/03/19 - 

Oror e Gehrin se encontram com Grundor na porta da enfermaria, enquanto conversam sobre seus próximos passos ouvem um grito de horror vindo de dentro do lugar. Grundor tenta despistar os anões mas eles vão ate o local e veem que todos ali estavam mortos. Ao se depararem com tal realidade imaginam que aquele genocídio provavelmente foi causado por um acesso de controle do machado de Grundor, e como Grundor havia dito que estava indo procurar o rei de Mirailha eles vão ate ele temendo pelo pior.
Quando chegam, contra todas as expectativas Grundor estava sob controle e conversando com o rei. Ouve-se apenas um nome do fim da conversa, “Dodas”.
Em uma conversa privada Grundor confessa que pode sim ter sido coisa do machado o incidente na enfermaria.
Oror e os outros vão ate o alquimista que infelizmente não conseguiu fazer uma pedra muito boa para exorcismo. Mas oror pede pra Grundor usar e ele concorda.
Grundor vai atrás do padre juntamente com Hector. Ele tenta arrancar informações do padre, ameaçando-o mas n obtêm muitos resultados, mas percebe que o padre tem muitas reservas com os mestiços e os culpa por uma onda de assaltos que esta acontecendo na cidade. No processo ele perde um pouco o controle e tenta matar o padre. Hector discorda da atitude e "convence" evitando que isso aconteça.
Quando Grundor "volta a si" ele esta muito bravo e bate a cabeça de Hector contra a mesa, Hector não reage. Oror ajuda Hector a chegar ate seus aposentos e tenta descobrir o que houve nesse incidente. Hector comenta que esteve tentando salvar um inocente e que Grundor estava tentando mata-lo. Oror vai ate Grundor e descobre que o método que Hector usou para impedi-lo foi na verdade algum tipo de controle mental. E sabendo disso o grupo restabelece suas reservas com o elfo com medo de que ele controle a mente de mais alguém.
Alice encontra Barney bêbado na taverna e se ocupa em ajuda-lo a se recuperar para que possam ir pra casa atender o chamado de vossos pais.
Gherin se ocupa de fazer mapas e planos para fortificação da cidade. E Oror procura conhecimento nos locais. Oror se lembra que perdeu o livro dado por Kahn Ming e portanto muito conhecimento sobre Demônios. E resolve ir procurar Kahn... quando chega lá encontra por coincidência com Grundor e descobrem que a residência de Kahn havia sido furtada recentemente. Oror explica que infelizmente perdeu o livro que ainda precisa muito de informações para ajudar um amigo.
Depois de explicar a situação de Grundor para Kahn, Oror pede para que ele o acompanhe para lhe mostrar algumas coisas.
No meio do caminho Kahn procede um ritual ... faz marcas de sangue no machado de Grundor que havia se manifestado... e Grundor desmaia.
Oror carrega Grundor ate a taverna num carrinho de mão e o leva ate o quarto, ao passar pela taverna, Oror recebe uma bebida da garçonete, ao perguntar sua procedência ela aponta na direção onde um anão acena freneticamente, Oror cumprimenta anão e encontra Gehrin e Alice. Todos vão para o quarto de Gehrim e Oror pede que ele mostre para Kahn o ovo (de dragão). Ele se surpreende, faz novas marcas de sangue no ovo e o coloca junto de Grundor. Quando questionado ele comenta que isso ajudara Grundor que no momento se encontra numa jornada solo entre a vida e a morte. Para controlar o machado ou livrar-se dele.
Alice o questiona sobre seus questionamentos e ele percebe que ela é uma elfa e lhe conta que ela é apenas uma jovem e seus poderes ainda não se manifestaram, Barney ouve um trecho da conversa e percebendo o quão letrado ming mostra ser pergunta-lhe sobre licantropia. Mas ele diz que tem muitas coisas a fazer pois teve problemas com um assalto e que saciará a sede de conhecimento do jovem num outro momento.
Todos vão dormir pois já esta bem tarde, durante a madrugada Khan chega desesperado, como se tivesse dado tudo de si para chegar o mais rápido possível na taverna e...

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.